• Contraste
  • Texto

Aprenda dicas para praticar e melhorar o inglês em casa e alcançar a fluência mais rápido! Curso de inglês para iniciantes ao avançado, só podia ser Wizard!​

Para se tornar fluente na língua inglesa rapidamente e ser parte da #nacaobilingue, deve-se ir além das aulas e das lições de casa. O que acelera a fluência em inglês é treinar e fortalecer o vocabulário e a construção das frases com hábitos diários. Saiba mais sobre fluência no idioma.

Confira abaixo as oito dicas da professora de inglês Patrícia Chamorro, da  Wizard de Santa Bárbara d’Oste (SP), para treinar inglês em casa.

Dicas para treinar inglês em casa

1. Assistir a filmes e seriados com legenda e áudio em inglês

“Principalmente se forem histórias do dia a dia, porque aí você aprende o inglês do jeito que se fala, com gírias e expressões. A legenda é importante, em um primeiro momento, porque você pode não entender tudo apenas ouvindo”, sugere a professora.

2. Tirar a legenda de filmes e séries em inglês

Com o tempo, você vai se acostumar com o idioma falado e logo não vai mais depender tanto da legenda.

Esse é o momento de começar a assistir sem o texto, apenas com o áudio: “Um professor contou que um aluno dele aprendeu e melhorou a pronúncia do inglês assistindo a um seriado, pausando após cada fala e repetindo, até achar que estava parecido com o sotaque do personagem”.

Promoção 4 aulas grátis

3. Ouça músicas em inglês e acompanhe a letra escrita

“Eu mesma aprendi muito vocabulário ouvindo música, antes mesmo de começar a estudar na Wizard e a dar aulas”, revela Patrícia.

“O que eu fazia, antes de existirem os sites com letras de músicas, era comprar revistinhas que vinham com as letras e cifras para tocar no violão e copiar a letra em um caderno. Depois, eu traduzia palavra por palavra usando um dicionário”.

Ela conta que as traduções ficavam ruins, às vezes sem pé nem cabeça, mas o processo a ajudou a memorizar palavras e a aprender o significado delas ao estudar inglês em casa. “Quando algum aluno me pergunta: ‘Teacher, o que quer dizer tal palavra?’, consigo me recordar de alguma música para dar como exemplo”.

Dica extra: Para treinar o temido “listening” com música, a professora Patrícia lembra o site LyricsTraining, que já indicamos aqui no blog. “É como aqueles exercícios que os professores ao redor do mundo dão, de preencher as lacunas que faltam enquanto se ouve a música. No formato eletrônico, você vai digitando e ganhando pontos conforme acerta. Vale a pena conferir”, indica.

4. Cante suas músicas em inglês favoritas

Se você gosta de cantar, una o útil ao agradável: cante músicas em inglês. “Fazer um videokê particular usando vídeos do YouTube também ajuda muito na hora de treinar a pronúncia”, afirma Patrícia.

Dica extra: “Escolha uma música que você aprecia de verdade, mesmo que seja difícil”, desafia a professora. Não desista dela até conseguir cantar tudo até o fim! “Confesso que fiz isso também quando estava aprendendo inglês e o meu desafio foi a música ‘Gangsta’s Paradise’, do Coolio, repleta de linhas rápidas e gírias. Mas eu tentei, treinei e venci”, conta.

Você sabia que a Wizard possui várias playlists no Spotify para praticar inglês com música? Confira: músicas em inglês no Spotify Wizard by Pearson.

Amigos cantando em uma sala, num videoke, treinando inglês em casa

5. Faça anotações para consultar as palavras

Para quem está começando a conhecer o inglês, vale prestar atenção no que há ao redor diariamente.

“Há muitas coisas por aí com nomes em inglês, como restaurantes, marcas de produtos e até vitrines de lojas quando dizem ‘50% off’, ‘sale’, etc. Por isso, anote em um bloquinho ou no celular essas expressões que encontrar pelo caminho e pesquise em casa depois”, aconselha.

Se você quiser saber o significado e a pronúncia, em inglês, de palavras e sentenças em português, anote-as ou pesquise e na hora em seu celular e pronto!

6. Jogos em inglês no videogame ou smartphone

Muita gente adora tecnologia, principalmente jogos. Então, aqui vai a dica: ao instalar um jogo em seu smartphone ou PC, experimente a instalação em inglês.

“Eu aprendi muito na minha vida de ‘geek’ jogando em outro idioma. Por exemplo, partes da casa, nomes de móveis, acessórios, roupas e interações pessoais aprendi jogando o famoso ‘The Sims’. Posso dizer que conheço mais nomes de partes de carros em inglês do que em português, só de jogar ‘Need For Speed’”, conta.

Ela comenta também sobre os jogos do Facebook, cujo objetivo é procurar objetos escondidos em uma cena: “São excelentes ferramentas para adquirir vocabulário e captar diferenças e semelhanças entre palavras como ‘bat’ (morcego) e ‘bat’ (taco)”.

7. Se puder, faça um intercâmbio

Não importa a sua idade: se tiver a oportunidade, procure um destino no mundo para treinar o idioma.

“Existem intercâmbios curtos, de 15 dias, então não haverá prejuízos em seu trabalho ou escola. Ao contrário, será um extra no seu currículo e na sua vida! Acredite: tenho um aluno de 50 anos de idade que acabou de voltar de um intercâmbio de um mês na África do Sul, e disse que foi uma das melhores experiências da vida dele. Isso porque ele diz encontrar dificuldades com o inglês, o que não o impediu de ir e se comunicar com os nativos e outros estrangeiros”, lembra Patrícia.

Confira nossa série de posts “Uma cultura diferente” para saber mais sobre alguns países que têm o inglês como língua oficial.

8. Não tenha medo de falar em inglês

Para encerrar, fica a dica na hora de falar: não tenha medo! “Na comunicação, independentemente do idioma que se fala, o que vale é a vontade de se comunicar e a falta de vergonha em fazer isso. Não se acanhe de conversar e tentar passar o que você quer dizer, mesmo errando. Somos falantes de português tentando aprender um idioma bem diferente do nosso, então não se sinta na obrigação de falar tudo certinho logo de cara. É normal”, incentiva a professora.

O importante é não desistir de tentar, aceitar as correções e orientações do seu “teacher”, além de pedir a ajuda dele sem dó. “Treine sem medo e siga em frente, porque o seu objetivo é ser fluente em inglês”, finaliza.

Baixe seu e-Book grátis!

Preencha seus dados para receber o material grátis com dicas de conversas telefônicas em inglês!

Nome*Email*Você é aluno(a) Wizard?*            Selecione                 Sim            Não        Este website não coleta dados de menores de 12 anos.* Declaro ter mais de 12 anos.Baixar e-Book agora! 

Ao enviar os dados acima, concordo em receber e-mails com conteúdos. Ver política de privacidade.

Conclusão

É importante procurar melhorar o inglês em casa para, assim, sempre praticar e ampliar o vocabulário. As dicas do texto são ótimas para complementar o curso de inglês.

Se você quer aprender o idioma com qualidade e ainda não é aluno Wizard, garanta já 20% de desconto na matrícula em qualquer curso de idiomas. Mas se você já é aluno, que tal conferir mais artigos do blog para continuar seus estudos? Aproveite as sugestões abaixo!

E não se esqueça: conte pra gente o que achou das dicas acima para praticar inglês em casa! Se você tem alguma outra tática para estudar o idioma no dia a dia, compartilhe nos comentários!

Confira + dicas de inglês da Wizard:

Ganhe 4 aulas grátis para conhecer o curso de inglês Wizard:

Este site utiliza cookies. Os cookies nos permitem entender como os visitantes navegam no nosso site, para que possamos melhorá-lo e oferecer a melhor experiência possível. Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies.