• Contraste
  • Texto
uma jovem mulher branca de cabelos castanhos, usando uma camisa branca olha para cima com cara de dúvida

Por Redação Wizard
02 de fevereiro de 2022

Tire de vez sua dúvida sobre o conceito de empreendedorismo e saiba mais sobre as vantagens de empreender.

Você já deve ter ouvido falar que o Brasil é um país de empreendedores, não é mesmo? Prova disso é que nem a pandemia estagnou o crescimento do empreendedorismo.  

Conforme dados do Ministério da Economia, houve um número recorde de abertura de novos negócios em 2020, resultando em algo em torno de 20 milhões de empresas ativas no Brasil.  

No mundo, em 2020, já existiam 582 milhões de empreendedores. Ao longo dos anos, essa é uma atividade que atrai muitas pessoas por suas vantagens e as oportunidades oferecidas.  

Mas você sabe o que é empreendedorismo? Continue a leitura para compreender mais sobre esse conceito e sobre a possibilidade de, também, tornar-se um empreendedor.  

Qual é a definição de empreendedorismo?  

Empreendedorismo é o processo pelo qual indivíduos ou um grupo de pessoas exploram uma oportunidade, seja trazendo um novo produto ou processo para o mercado, seja melhorando substancialmente um bem, serviço ou método de produção existente.  

Assim, a definição básica de empreendedorismo refere-se ao ato de iniciar um negócio geralmente com a intenção de obter lucro.  

No entanto, em nossa era moderna, o conceito de empreendedorismo se expandiu para incluir o ato de transformar o mundo, ajudando a resolver problemas de comunidades locais ou em grande escala.  

Isso porque o empreendedorismo tem também o poder de criar mudanças sociais por meio da criação de um serviço ou produto que afeta a vida das pessoas de forma positiva e aborda as questões sociais com ideias inovadoras.  

Ainda, podemos compreender o empreendedorismo como uma oportunidade para as pessoas terem mais autonomia sobre sua carreira e sua renda.  

Quem é o “pai” do empreendedorismo?  

Joseph Alois Schumpeter (1883-1950) é considerado o “pai” do empreendedorismo. Acredita-se que Schumpeter tenha sido o primeiro estudioso a apresentar ao mundo o conceito do empreendedorismo.  

O economista e historiador, que é tido como um dos maiores intelectuais do século XX, criou a palavra alemã unternehmergeist, que significa algo como “espírito empreendedor”.  

O que é um empreendedor?  

Embora existam algumas concepções diferentes sobre o que exatamente é um empreendedor, de maneira geral, se refere a um indivíduo que cria um negócio com o objetivo de obter lucro.  

Os empreendedores têm uma ideia para lançar, aprimorar ou comercializar em novos mercados um produto ou serviço, atendendo a uma demanda de um público.  

Há empreendedores que acabam iniciando sua jornada por necessidade, outros por vocação ou por desejo de estarem à frente de um negócio próprio, conduzindo sua carreira com mais protagonismo e autonomia.  

Os empreendedores são alguns dos agentes de transformação mais poderosos do mundo. De Elon Musk enviando pessoas a Marte até Bill Gates e Steve Jobs tornando os computadores parte da vida das famílias, os empreendedores imaginam o mundo de forma diferente e partem para a ação para transformar sua visão em realidade.  

Por que se tornar um empreendedor?  

Se você está se sentindo preso em sua carreira atual e está procurando uma mudança, tornar-se um empreendedor pode ser uma alternativa vantajosa.  

Ou você pode ter uma ideia incrível que deseja transformar em um negócio viável. Ou, ainda, quer buscar uma oportunidade de liderar pessoas e uma organização para o sucesso.  

Existem muitas vantagens e motivos que fazem tantas pessoas empreenderem, incluindo:  

  • Ser o seu próprio patrão;  
  • Ter mais controle sobre seu tempo;  
  • Buscar uma fonte de renda adicional ou mais escalável;  
  • Investir na concretização de um sonho;  
  • Conquistar mais independência financeira;  
  • Trabalhar com o que se gosta;  
  • Causar um impacto positivo na sua comunidade;  
  • Entre tantas outras.  

Quais são as características e habilidades principais de um empreendedor?  

Embora existam diferentes perfis de empreendedores, aqueles que se destacam comumente compartilham algumas características-chave.  

É importante ressaltar que todas são adquiríveis, ou seja, mesmo que você não as tenha no momento, é possível trabalhar para desenvolvê-las.  

Entre elas, estão:  

  • Liderança;  
  • Capacidade de solucionar problemas;  
  • Flexibilidade e adaptabilidade;  
  • Foco;  
  • Orientação para a inovação;  
  • Capacidade de assumir riscos calculados;  
  • Negociação;  
  • Comunicação;  
  • Organização;  
  • Entre outras.  

Quais são os 4 tipos de empreendedorismo?  

Basicamente, os tipos de empreendedorismo são classificados da seguinte maneira:  

1. Empreendedorismo para pequenas empresas  

Negócios de atuação local, com equipe enxuta e que não fazem parte de uma grande rede. Um restaurante sem filiais, uma mercearia ou uma loja de varejo de bairro podem ser exemplos.  

2. Empreendedorismo de startups  

São empreendimentos inovadores que são criados com a intenção de causar um grande impacto e de crescer rapidamente. Esse tipo de empreendedorismo geralmente requer investidores e grandes quantias de capital para desenvolver as ideias e alcançar vários mercados.  

3. Empreendedorismo para grandes empresas  

Pode representar a criação de um empreendimento que já surge em grandes proporções ou uma nova divisão de negócios criada dentro de uma empresa existente.  

4. Empreendedorismo social  

O objetivo do empreendedorismo social é criar um benefício para a sociedade e a humanidade. Seu foco está em ajudar as comunidades ou o meio ambiente por intermédio de seus produtos, serviços e soluções.  

Assim, ele não é movido por lucros, mas por causar impacto positivo no mundo ao seu redor, resolvendo problemas e necessidades sociais.  

Empreender como franqueado de educação: quais são as vantagens?  

Como vimos, empreender pode ser muito vantajoso. Entretanto, há outro fator a ser considerado antes de iniciar nessa jornada: o risco. Como qualquer novo negócio, há um risco inerente à atividade empreendedora.  

No entanto, há maneiras de minimizar esse fator. Por exemplo, optando por empreender no modelo de franchising. As franquias são conhecidas por serem seguras e lucrativas quando se empreende com uma marca franqueadora confiável e de sucesso no mercado.  

Nesse contexto, é possível afunilar ainda mais as melhores oportunidades, optando por ser um franqueado de educação. Este é um setor que permanece forte mesmo em momentos de crise, tem demanda alta e contínua e possibilidades de expansão.  

Mesmo durante a pandemia, conforme o levantamento do Ministério da Economia, os setores de comércio e serviços (como franquias de escolas de idiomas) foram os que mais registraram aberturas de novos empreendimentos.  

Dados como esse demonstram a resiliência e força desse mercado e aferem como o empreendedorismo por meio de uma franquia de educação pode ser vantajoso.  

Para descobrir mais sobre essa oportunidade, leia também nosso conteúdo sobre por que investir em franquia de educação vale 

Homem negro, careca, vestindo um blazer escuro, sorrindo e com o logo da Wizard à frente

Preencha para receber mais detalhes sobre franquias Wizard



    Ver política de privacidade.

    (*)Campos obrigatórios

    Mais artigos do Blog Wizard

    Franquias

    Experiência para franquia de idiomas: o que é preciso saber

    25 de maio de 2022

    Será que é preciso ter experiência para franquia de idiomas? Tire todas as suas principais dúvidas sobre o tema!

     

    O que achou da postagem?

    0 Comentários

    Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

    *Declaro ter mais de 12 anos.

    Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


    (*)Campos obrigatórios

    0 Comentários

    Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/