• Contraste
  • Texto

Por Redação Wizard
11 de janeiro de 2022

Conheça as características do inglês escocês e veja as principais diferenças do idioma.

Inglaterra, Escócia e País de Gales formam a fantástica Grã-Bretanha, a ilha que concentra as principais riquezas, tanto econômicas como culturais, de todo o Reino Unido. E entre as maiores preciosidades que podemos destacar dessa região, sem dúvidas, é o característico e único inglês escocês, bem diferente e com muitas curiosidades em relação ao de seus vizinhos de território.

E mesmo que você nunca nem tenha escutado um escocês falando, neste post terá a oportunidade de conhecer um pouco mais desse jeito exclusivo deles e explorar uma cultura extremamente rica e interessante.

Portanto, confira a leitura até o final e se surpreenda. Podemos começar?

Primeiro, de onde surgiu o inglês escocês?

Bom, não é só porque o país tá coladinho ali do lado da Inglaterra que isso explica a origem do inglês escocês. Afinal, mesmo que a Grã-Bretanha seja partilhada por esses povos, cada um tem sua própria história separada e uma formação social diferente ao longo dos anos.

E o caso do inglês escocês passa exatamente por isso. Antes mesmo desse reinado enorme existir, seus ancestrais dominavam um idioma chamado scots, que tem origem histórica na mistura de diferentes outras línguas, como a celta.

Foi a partir de 1500, quando o então reino da Inglaterra expandiu seus domínios por todo o território, formando assim a Grã-Bretanha, que o inglês e outras culturas do país foram levados para a parte norte da ilha.

Com isso, nasceu o inglês escocês, uma língua única e repleta de características históricas que só se ouve por lá.

Mas o que muda na prática no inglês escocês?

Vista toda essa riqueza cultural e histórica, é normal que a língua mantenha algumas particularidades no país, em especial no que se refere à pronúncia e ao sotaque, ambas bem marcantes na fala de qualquer escocês.

E para entender melhor sobre o que queremos dizer, basta pegar algumas palavras comuns do idioma e adicionar uma pitada desse sotaque escocês.

O som de dois “u” juntos na palavra

Por exemplo, a palavra “good”, no inglês escocês, soaria algo como “guud” (com a pronúncia destacada para os dois “u” mesmo).

Ou também para “boot”, que por aquelas terras soa mais como “buut”. E não pense que essa característica se dá apenas quando há dois “o” na palavra. Por exemplo, no verbo (to) put, esse sotaque também se faz muito presente, saindo algo parecido como “(to) puut”.

Diferenças no sotaque nas contrações de “not”

As contrações de not, como “didn’t” ou “can’t” são comuns e utilizadas por todos os povos que falam inglês no mundo, inclusive na Escócia.

No entanto, por lá, a diferença mais uma vez vai ser notada no sotaque dos escoceses, que curiosamente utilizam uma pronúncia similar ao som /ae/. Dessa forma, o can’t vira “cannae”, o didn’t, “dinnae”, o wouldn’t, “wouldnae” e assim por diante.

Eles “comem” a letra t

Outra característica indiscutível do inglês escocês é a impressão (ou não) de que eles nunca falam a letra t no meio de uma palavra.

Por exemplo, a palavra “battle” sairia como algo do tipo: “ba’el”. Ou também water é meio que pronunciado como “wa’er” por lá. Consegue imitar?

Algumas palavras com “i” podem sair mais anasaladas

Se um americano ou inglês falar “fine”, “wine” ou mesmo “interesting”, talvez seja difícil reconhecer os sotaques só por isso.

Mas se um escocês resolve repetir essas mesmas palavras, pode ter certeza que você vai reconhecer logo de cara.

Isso porque, em geral, eles pronunciam essas e outras palavras de uma forma mais anasalada, como se o “i” desse lugar ao “ê” em certos momentos.

Dessa forma, fine sai como “fêine”, wine como “wêine” e interesting como “ênteresting”.

O /au/ tem um som mais puxado para o /u/

Essa característica é também muito marcante no inglês escocês e super fácil de reconhecer. Afinal, palavras comuns do idioma que têm a sonoridade /au/ mais presente, como “now”, “down”, “brown”, “round” ou “town”, parecem se fechar um pouco no escocês e dar uma impressão de /u/.Ou seja, na prática, tudo sai um pouco como “nu”, dun”, “brun”, “rund” e “tun”.

Eles usam o que costumam chamar de Taped R

Se você nunca ouviu falar em Taped R, qualquer escocês poderá te dar uma aula prática sobre o tema. Afinal, esse termo é usado quando alguém usa o “r” de uma forma bem puxada. É equivalente ao jeito como, no Brasil, os cariocas carregam o “s”, dando a ele som de “x”.

E quando fazemos essa comparação, não é exagero! Por exemplo, na palavra “Ring” no mais tradicional inglês escocês, você pode usar e abusar do r da palavra, algo do tipo “Rrrrring”.

Algumas vogais soam diferente

Uma dica para quem ama e quer praticar o inglês escocês: comece treinando pela pronúncia das vogais, já que todas elas soam de forma diferente do britânico ou do americano.

Para ficar mais fácil de entender, nós mostramos a seguir. Confira!

A = /ê/

E = /i/

I = /ai/

O = /ô/

U = /ju/

Assim, palavras como “Rope” no escocês são pronunciadas como “r/ô/pe” ao invés de “r/ou/pe” no britânico, ou “B/ê/seball” ao invês de “B/ei/seball”.

Uma dica que pode auxiliar nos seus estudos do idioma é utilizar ferramentas para criar mapa conceitual, pois através dele, você pode criar mapas com todas as principais palavras em inglês e com isso, ir praticando de uma forma mais visual, que é para muitos especialistas, uma das melhores formas de aprendizado atualmente.

Não é só o inglês que é falado no país

Uma outra curiosidade interessante na Escócia é que, apesar de o inglês ser considerado a língua oficial, muitos cidadãos ainda dominam outros idiomas ou dialetos no país.

É o caso do gaélico escocês, um idioma antigo que ainda pode ser ouvido em comunidades mais interioranas do país. Mas aí para entender, de fato, o que eles estão conversando, nem a maior parte da população vai ser capaz de explicar.

Em resumo, essas são algumas curiosidades e diferenciais que encontramos só no inglês escocês e que faz da língua uma das características mais marcantes daquele país, reforçando ainda mais a riqueza cultural e histórica de seu povo.

E se você curtiu o post e quer aprimorar ainda mais o seu inglês, seja ele escocês, americano ou inglês, a gente tem mais umas dicas de ouro. Confira e baixe nosso e-book completo sobre todos os passos essenciais que você precisa dar para alcançar a tão sonhada fluência em inglês. Corre lá e boa leitura!

Tags:

inglês

Mulher sorrindo olhando para um tablet

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Cultura

7 personagens clássicos da literatura inglesa

02 de maio de 2022

Conheça alguns dos principais personagens da literatura inglesa e suas curiosidades e histórias.

Cultura

8 games para aprender inglês jogando

29 de abril de 2022

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

*Declaro ter mais de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


(*)Campos obrigatórios

0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/