• Contraste
  • Texto
Ferramentas de Acessibilidade
subjuntivo em inglês

Por Redação Wizard
30 de janeiro de 2023

Subjunctive: como usar o subjuntivo em inglês

Assim como no português, os verbos no modo subjunctive são parte essencial da gramática inglesa e nos ajudam a formular frases e ideias que apresentem ações e fatos, porém de uma maneira imprecisa, eventual, duvidosa ou mesmo incerta.

Por exemplo, quando dizemos algo do tipo “Talvez ele chegue mais cedo”, ou no inglês, “Maybe he will arrive earlier”, a impressão que temos é de incerteza sobre a chegada de alguém, correto?

E é justamente isso que caracteriza o subjunctive nas frases, tanto em inglês como no português. Mas calma que tem muitos outros detalhes a serem observados nesse tema super interessante da gramática.

Portanto, continue a leitura até o final e tome nota das dicas que separamos ao longo do texto.

So, let’s go!

Afinal, o que é o subjunctive no inglês?

Como bem resumimos acima, o subjuntivo, ou subjunctive no inglês, se refere a um modo verbal que serve para expressar uma determinada hipótese de algo irreal ou indesejado.

Por esse motivo, em geral, usamos o subjunctive em expressões como sugestões, dúvidas, desejos, sonhos, vontades e possibilidades.

Por exemplo:

  • If I could, I would travel every weekend. – Se eu pudesse, eu viajaria todos os finais de semana.

Percebe que a frase remete a uma “vontade” ou “sonho”, sendo impossível identificar se isso realmente vai ou não acontecer um dia? Pois bem! Isso é uma das principais características do subjunctive.

Como funciona o subjunctive no inglês?

Em geral, o subjuntivo no inglês costuma aparecer no presente, mas é completamente possível fazer construções no passado e no futuro (como no exemplo anterior).

No entanto, alguns detalhes importantes (e que podem causar confusão aos brasileiros) precisam ser levados em consideração na formação das frases e expressões.

O primeiro deles é usar o verbo na sua forma base, sem nenhum tipo de conjugação.

Então, por exemplo, se falarmos “I require that you walk faster”, o subjuntivo surge no verbo “walk” e, portanto, não necessita o uso de nenhum termo auxiliar ou flexão.

Em relação aos demais pontos e regrinhas para se construir uma expressão no subjunctive, a gente separou as seguintes dicas:

Para sugestões e requerimentos

Nesses casos, indica-se o uso de verbos como “require”, “suggest” ou “ask” + THAT + a pessoa + verbo.

Sendo assim, podemos ir direto para alguns exemplos práticos. Se liga!

  • We recommend that she arrive earlier. – Recomendamos que ela chegue mais cedo;
  • The nutritionist suggests that he eat more at lunch – A nutricionista sugere que ele coma mais no almoço.

Bom! Dá para notar que nas duas frases utilizamos exatamente a construção sugerida anteriormente, aplicando os verbos, o “that”, a pessoa e o verbo.

Porém, aí que vem um das dúvidas mais comuns dos estudantes de inglês: afinal, o correto não seria “she arrives” e “he eats“, tendo em vista que estamos na terceira pessoa?

Se você notou esse pequeno detalhe, parabéns! No entanto, como bem explicamos acima, quando falamos no subjunctive em inglês, o verbo deve sempre permanecer na sua forma base, ou seja, não pode ser conjugado nesse caso, permanecendo assim sem o “s” no final.

Para hipóteses e situações fictícias

Outra formar de aplicar o subjuctive no inglês é pelo uso do “could” ou “would”, que seria o mesmo que o nosso modo condicional ou futuro do pretérito.

Assim, em certas ocasiões, eles podem formar expressões hipotéticas e situações fictícias que caracterizam o subjuntivo. Por exemplo:

  • If you wash my car, I would be happy. – Se você lavar meu carro, eu ficaria feliz.
  • When he arrives, we could dance together – Quando ele chegar, nós poderíamos dançar juntos.

Perceba que ambas as frases dão uma ideia de “possibilidade” caso algo ocorra. Ao mesmo tempo, não há certezas ou garantias de que vai acontecer.

Para desejos e vontades

Por fim, o subjunctive também pode expressar uma vontade ou desejo de que alguma coisa ocorra, como os exemplos a seguir.

  • It is desirable that he speak tonight – É desejável que ele discurse essa noite.

Como usar o subjunctive no futuro e no passado?

Até aqui explicamos e vimos uma série de exemplos do uso de subjunctive no presente do indicativo.

Mas como comentamos mais acima, esse modo verbal também pode ser aplicado no futuro e no passado, desde que também se sigam essas ideias de “desejos”, “requerimentos” e “sugestões” em tempos que já se passaram ou que venham a ocorrer ainda.

Para ficar mais fácil de compreender na prática, confira essas dicas que separamos a seguir:

Subjunctive no passado

  • My mom requested (simple past) that Bryan stop (infinitive) the discussion. – Minha mãe pediu que Bryan parasse a discussão.

Note que no exemplo acima nós usamos um tempo verbal passado (requested), mas sobre um “desejo” de que algo acontecesse.

Nesses casos, como dica, é muito comum usar também expressões do tipo “if only (se apenas)”, “I would like (eu gostaria)” ou “I would rather (eu preferia)”.

Subjunctive no futuro

  • I will ask (futuro) that we maintain (infinitivo) respect in this place. – Eu pedirei que mantenhamos o respeito nesse lugar.

Aqui neste exemplo, usamos o futuro seguido do infinitivo para algo que também expressa um “desejo” incerto. Ou seja, o subjuntivo se destaca pelo fato de não sabermos se o “respeito” será ou não mantido naquele lugar.

Cuidado com o verbo “to be” no subjuntivo

Outro cuidado e “regrinha” que precisamos seguir com o subjuntivo no inglês se refere ao uso do verbo “to be” no pretérito.

Isso porque, obrigatoriamente, precisamos usar sempre “were” no lugar de “was” nesses caso.

Por exemplo, na tradução da frase “Se ele fosse preso, isso seria um escândalo”, o correto é dizer: “If he were arrested it would be a scandal” ao invés de “If he was arrested it would be a scandal”.

Em resumo, essas são algumas dicas preciosas sobre o subjunctive em inglês, suas principais regras e cuidados que precisamos nos atentar sempre que formulamos frases que expressam incertezas, sugestões, situações fictícias e hipóteses.

E se você curtiu e quer se aprofundar mais no gramática inglesa, aproveite para baixar gratuitamente nosso guia completo de tempos verbais em inglês. Confere aí!

Homem negro, careca, vestindo um blazer escuro, sorrindo e com o logo da Wizard à frente

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

(*)Campos obrigatórios
Blog

Mais artigos do Blog Wizard

Idiomas

Descubra a skill da Wizard para Alexa: inglês de forma divertida e interativa

06 de maio de 2024

Aprenda inglês com a skill da Wizard para a Alexa.

Idiomas

Qual o significado de kinda?

03 de maio de 2024

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

*Declaro ter mais de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


(*)Campos obrigatórios

0 Comentários