• Contraste
  • Texto
Três crianças negras brincando de correr uma atrás da outra em um espaço aberto e com arbustos ao fundo

Por Redação Wizard
08 de janeiro de 2021

O que será que as crianças norte-americanas gostam de fazer no tempo livre? No texto de hoje, vamos te mostrar algumas brincadeiras famosas entre elas. Veja!

Em um mundo cada vez mais tecnológico, se torna nítido que muitas crianças têm o hábito de brincar utilizando aparelhos eletrônicos, como celulares, videogames e computadores. Mas, tirando essas ferramentas digitais, você sabe quais são as brincadeiras mais tradicionais entre as crianças nos Estados Unidos?

No texto de hoje, vamos te mostrar algumas para você contar para os seus filhos. Tente adaptá-las para a realidade dos pequenos na sua casa e continue estimulando o estudo de inglês. Acompanhe!

1. Simon Says

Em “Simon says”, chamada de “mestre mandou” aqui no Brasil, as crianças devem seguir as orientações de um mestre, que vai fazer pedidos que podem ser, por exemplo, para que eles façam um gesto ou peguem algum objeto que esteja próximo.

Aqueles que demoram para cumprir a tarefa são eliminados até sobrar apenas um participante, que será o vencedor. As crianças precisam ficar atentas, pois o mestre pode fazer pegadinhas e pedir coisas que são impossíveis de se fazer, e aquele que fizer algum movimento de maneira precipitada, sem ter compreendido o pedido também é desclassificado.

Para as crianças treinarem inglês, que tal criar uma regra em que o mestre só pode pedir coisas se falar no idioma? Dessa forma eles desenvolvem o raciocínio lógico, a interpretação e aprimoram o vocabulário.

2. Blind Man’s Buff/Bluff

É uma brincadeira muito antiga, que era a diversão dos aristocratas na Idade Média e resiste até hoje entre as crianças nos Estados Unidos. O jogo precisa de pelo menos dois participantes e consiste em deixar uma pessoa com os olhos vendados para que tente encontrar os demais jogadores apenas escutando os sons e tateando o ambiente.

Em algumas partes do Brasil, esse jogo pode ser chamado de “Marco Polo”, “gato mia”, “cabra-cega” ou “cobra-cega”. O jogador que estiver vendado pode fazer perguntas para que os demais tenham que pronunciar algo e ele consiga rastrear o som.

3. Broken Telephone

Um clássico que também atravessou gerações de crianças nos Estados Unidos e aqui no Brasil, o “Broken Telephone”, ou “telefone sem fio”, necessita de um número maior de participantes para que a brincadeira dê certo. 

Ela consiste em uma pessoa pensar em uma palavra ou frase e falar bem baixinho para quem está ao lado, e assim sucessivamente até chegar no último jogador, que deverá pronunciar em voz alta o que lhe foi dito.

A parte cômica do jogo é que, como só se pode falar o termo uma vez e em voz baixa, a chance de errar a palavra ou frase no meio do percurso é grande, e o resultado final acaba sendo bem diferente do original.

Esse jogo é ótimo para treinar a atenção, a pronúncia e o vocabulário dos pequenos em inglês, portanto incentive-os a brincar utilizando termos e expressões no idioma.

4. Hangman

O jogo “Hangman” também pode ser muito educativo para as crianças que estão aprendendo inglês. O passatempo é igual ao jogo da “forca” aqui no Brasil, e consiste em uma pessoa escolher uma palavra, dizer o tema a que está relacionada, fazer em um papel (ou qualquer outra superfície) tracinhos referentes às letras e desenhar uma forca.

O oponente deve ir falando as letras que acha que compõem o termo até ter certeza do que é e revelar. Caso acerte a palavra, o ponto vai para quem estava adivinhando. Quem escolheu a palavra só ganha se o adivinhador errar as letras por vezes suficientes para montar um boneco (cabeça, tronco, braços, pernas e pés) na forca ou chutar a palavra e errar.

Para os pequenos o desafio é lembrar como se escrevem as palavras que estão aprendendo em inglês. Esse exercício, além de ser ótimo para entreter a criançada, também estimula o pensamento na língua.

5. Cops and Robbers

A brincadeira tradicional “Cops and Robbers” é semelhante ao nosso “polícia e ladrão”, em que as crianças são divididas em dois grupos. Os cops devem esperar um tempo para que os robbers se escondam para depois iniciar as buscas e levá-los para a jail, ou cadeia. 

Os robbers podem salvar os que foram presos, caso consigam chegar a eles sem serem pegos pelos cops. Os policiais vencem se prenderem todos os ladrões. Já os vilões ganham a partida caso um tempo pré-determinado passe e ainda sobre um deles em liberdade.

Conclusão

Legal ver que, apesar das diferenças culturais entre brasileiros e norte-americanos, algumas brincadeiras são tradicionais nos dois países, não é mesmo? Por conta disso, fica fácil adaptar os jogos para o inglês e introduzir o conhecimento no idioma enquanto os pequenos estiverem se divertindo.

Qual dessas brincadeiras você curtiu na infância e agora vai tentar em inglês com as crianças? Deixa nos comentários!

Para ajudar ainda mais seu filho no aprendizado do segundo idioma, conheça a Wizkids! O curso de inglês para crianças da Wizard que ensina de forma leve, divertida e eficiente.  

Confira + dicas inglês para crianças da Wizard:

Homem sorrindo e apontando para promoção 2021 entre o logo da wizard

Cadastre-se e ganhe 2 AULAS GRÁTIS de inglês ou outro idioma!

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Wizkids

Vem brincar de circo e aprender inglês

21 de julho de 2021

Aprender inglês com a Turminha do Wizkids é muito divertido.

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

*Declaro ter mais de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


(*)Campos obrigatórios

0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/