• Contraste
  • Texto
edimburgo na escocia

Por Redação Wizard
26 de novembro de 2021

Saiba o essencial sobre a Escócia e descubra por que este país é considerado tão mágico.

Sabe aquele tipo de país apaixonante, onde tudo parece ser impecavelmente perfeito e cativante? Pois bem, se é para montar um ranking geral ao redor do mundo, pode ter certeza que a Escócia teria um lugar nessa lista!

Afinal, estamos diante de uma cultura extraordinária, de uma gastronomia criativa e diferente de tudo o que estamos acostumados, de danças e músicas ancestrais, de cenários dignos de filmes e séries, de um folclore riquíssimo e de muitas curiosidades que fazem do país ao norte da Grã-Bretanha único e incomparável.

E para dar um gostinho a mais do que faz a Escócia ser tão incrível assim, nós preparamos este post sobre algumas das principais características do país. Vamos conferir?

Uma breve história da Escócia

Lá pelos anos de 80 d.C, o Império Romano expandiu suas ocupações pelas geladas ilhas do norte europeu, ocupando assim parte do que hoje conhecemos como o Reino Unido. Para ser mais exato, a província romana Britânia equivale ao que atualmente é o território da Inglaterra e do País de Gales.

No entanto, apesar de muitas tentativas, a região norte dessa imensa ilha conseguiu reagir frente aos frequentes ataques dos romanos, que desistiram da ocupação. Essa parte do território era habitada por tribos e guerreiros celtas, conhecida à época como Caledônia.

Contudo, no século VI essa mesma população não obteve sucesso contra as invasões dos escotos, que assumiram o controle do território e estabeleceram ali o reino de Dalry. Com o fortalecimento e expansão dos povos anglos na Inglaterra, essa região passaria também a ser dominada séculos depois por essa mesma população, até finalmente ser incorporada ao reino inglês de Nortumbria.

Entre lutas e batalhas ao longo dos anos, o país já conquistou sua independência por determinado período, mas voltou por inúmeras vezes a fazer parte do Reino Unido. Ainda hoje, o debate divide a população entre os que defendem a saída do reino e a permanência do mesmo.

Moeda na Escócia

Uma outra curiosidade interessante sobre a Escócia é que lá também se utiliza a libra esterlina, como na Inglaterra, porém com características diferentes. Isso porque o país emite suas próprias notas em seu banco central e as difere com um design especial para destacá-las das do país vizinho.

Castelos para todos os lados

A história da Escócia é ainda melhor contada presencialmente, em especial, para quem tem a oportunidade de visitar seus diversos castelos – ou ruínas, espalhados por todo o território do país. Estima-se que a região chegou a ostentar mais de 3 mil construções imponentes desse tipo, mas boa parte delas foi destruída ao longo das batalhas e guerras de seus povos.

Hoje, o Castelo de Edimburgo, por exemplo, é considerado um dos principais atrativos turísticos da Escócia e recebe diariamente centenas de visitantes em suas gigantescas estruturas de pedra.

Whisky: a água da vida

Quando pensamos em Whisky de qualidade, certamente o escocês vem em primeiro lugar como uma referência. No entanto, o que poucos sabem é que a tradicional bebida não teve sua origem no país, mas sim em seu vizinho de outra ilha: a Irlanda.

Estima-se que o destilado tenha chegado à Escócia somente em 1400 e recebia o nome de uisce beatha, que no irlandês antigo significava água da vida. A bebida virou tão popular na Escócia que passou a ser produzida por lá e sob um procedimento exclusivo.

Ou seja, para que o Whisky seja realmente considerado um Scotch, obrigatoriamente ele precisa ser feito no país, envelhecido por, no mínimo, 3 anos em barril de carvalho e atender a outros requisitos técnicos.

Uma população de ruivos

Característico dos povos nórdicos, o cabelo ruivo é presente em grande parte da população escocesa e isso tem ligação direta com o seu passado viking. Além disso, uma curiosidade muito interessante é que essa característica tenha se desenvolvido ao longo dos anos como uma forma de evolução natural e adaptação dos povos locais perante o ambiente que vivem. Em outras palavras, os ruivos têm a capacidade de produzir a própria vitamina D no organismo, por conta da baixa exposição à luz solar.

Em resumo, essas são alguns das principais curiosidades da Escócia e que ajudam a formar a identidade do país. Ah, e claro, como não poderia faltar, o inglês escocês também tem características ímpares e bem exclusivas de outros países anglos. Vale a pena conferir!

Curtiu? Já imaginou poder vivenciar tudo isso na prática? Bom, uma das formas é através de viagens. Que tal conhecer um pouco mais sobre o vocabulário relacionado a esse tema? Baixe o e-book preenchendo o formulário abaixo:

Tags:

viagem

Homem sorrindo e apontando para promoção 2021 entre o logo da wizard

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Cultura

Olimpíadas de inverno: como falar sobre os jogos de Pequim 2022

20 de janeiro de 2022

Conheça mais sobre as Olimpíadas de Inverno e quais modalidades pode esperar em Pequim 2022.

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

*Declaro ter mais de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


(*)Campos obrigatórios

0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/