• Contraste
  • Texto
Cubos de madeira com letras que formam a palavra fake news

Por Redação Wizard
04 de agosto de 2020

Você sabe o que significa a expressão fake news? Entenda o conceito, os motivos do seu uso e quais atitudes podemos tomar para combater as notícias falsas. Curso de inglês do iniciante ao avançado, só podia ser Wizard!

Você sabe o que significa a expressão fake news? Atualmente, nós ouvimos muito sobre ela em relação à política e à economia, por exemplo. A tradução literal do inglês para o português é “notícias falsas”, mas há muito mais por trás dessa expressão. Se você quer saber mais sobre as fake news, acompanhe este post! 

O que são as fake news

As fake news são notícias com informações ou dados inventados para alterar a interpretação e opinião das pessoas sobre determinados assuntos. O termo vem do inglês fake (falso/falsa) e news (notícia/notícias), ou seja, notícias falsas. Apesar de ter ganhado destaque recentemente, a expressão já existe desde o final do século XIX.  

A prática consiste em espalhar uma notícia com mentiras, mas veiculá-la como verdade, ou seja, visa omitir situações reais. Sua divulgação e disseminação pode interferir negativamente em vários setores da sociedade, como política, saúde e segurança. O avanço da tecnologia e a facilidade no compartilhamento de informações por meio das redes sociais potencializaram ainda mais as fake news.  

Por terem fácil acesso e passarem muito tempo nas redes sociais, as pessoas frequentam diversas páginas que divulgam conteúdos não confiáveis, ou seja, plataformas que não seguem o processo de checagem das informações, como devem fazer os jornais. E, com apenas um clique, tudo acontece bem rápido: os usuários podem marcar outras pessoas e compartilhar as fake news em diferentes redes sociais.  

Banner Wizard ON

Como as fake news funcionam? 

As fake news são utilizadas principalmente para atrair mais acessos a sites e para ganhar visualizações em posts e vídeos, por exemplo. Além disso, os veículos jornalísticos podem cair nessa cilada durante a procura de um “furo de reportagem”, ou seja, divulgar algo antes dos concorrentes. Isso pode prejudicar tanto os veículos quanto os leitores, já que uma parte importante é deixada para trás: a apuração das notícias. 

Esse é o momento em que o jornalista verifica, confirma e vai atrás do que realmente é fato para ser divulgado com credibilidade e verdade às pessoas. Caso essa fase da construção da notícia seja pulada, o veículo acaba publicando informações inexistentes ou distorcidas.  

É importante ressaltar que, nos dias de hoje, com a facilidade que a tecnologia proporciona às pessoas, qualquer meio pode ser responsável pela divulgação de notícias falsas. 

Quando as fake news são publicadas, rapidamente se propagam, principalmente pelo compartilhamento de mensagens e postagens em redes sociais. Muitas pessoas não confirmam, em portais de notícias confiáveis, se a informação que leram ou receberam é verídica, e repassam a mensagem para outras pessoas, que também não checam o conteúdo e também compartilham. Essas ações acabam se tornando um ciclo de propagação de notícias que não condizem com a realidade. 

Isso gera consequências, pois o fato de não ir atrás da verdade faz com que grande parcela da população entre numa bolha de mentiras, deixando-a mais manipulável, não contribuindo com o desenvolvimento do senso crítico das pessoas e fazendo com que também não questionem o que acontece na sociedade.  

Além disso, as vítimas de fake news podem sofrer agressões físicas e/ou psicológicas, ou, quando falamos de sistemas, a intolerância pode aumentar e gerar movimentos contra causas importantes.  

Como combater as fake news?  

Todos os dias, tanto quem é responsável pela produção das notícias quanto quem as lê, deve combater as fake news. Os jornalistas, por exemplo, devem checar os dados e as informações e consultar fontes confiáveis para divulgar notícias que condizem com a realidade. 

Os leitores devem ter cautela ao compartilhar as informações com outras pessoas. É importante ver qual veículo de notícia é a fonte de tal informação, que deve ser conhecido e ter um histórico de credibilidade na produção e divulgação de notícias. Assim, depois de conferir esses fatores, é possível comentar sobre um fato e compartilhar uma informação com confiança, gerando discussões saudáveis sobre acontecimentos reais entre as pessoas. 

Conclusão  

As fake news são criadas, muitas vezes, por pessoas interessadas em prejudicar alguma outra pessoa ou instituição. Por isso, procure sempre ler opiniões contrárias sobre os assuntos, acessar e ler portais de notícias confiáveis e compartilhar as notícias reais com seus conhecidos! Não compartilhe notícias falsas.

Se você gosta de acompanhar de perto as notícias do mundo, comece agora um curso de inglês e esteja sempre informado em primeira mão das novidades internacionais. Cadastre-se no site da Wizard e ganhe 20% de desconto na matrícula no curso de idiomas!

Confira + dicas de inglês da Wizard:

Tags:

inglês

Um smartphone sobre um notebook com a chamada #DesafioWizard e selo de Certificado

Cadastre-se e ganhe 2 AULAS GRÁTIS de inglês ou outro idioma!

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Idiomas

Vantagens de uma aula online ao vivo em relação a uma aula online gravada

07 de agosto de 2020

Você sabe como funciona uma aula online ao vivo e quais são as vantagens de fazer parte de uma? Se quer saber mais, confira o texto abaixo!

Idiomas

Expressões em INGLÊS

06 de agosto de 2020

Idiomas

Conheça o assistente pessoal Wiz.me!

05 de agosto de 2020

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

(*)Campos obrigatórios

0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/