• Contraste
  • Texto
Ferramentas de Acessibilidade
cidades com poucos brasileiros

Por Redação Wizard
15 de abril de 2024

Descubra dez cidades com poucos brasileiros que oferecem uma oportunidade de mergulhar no inglês enquanto explora o desconhecido e se encanta com o novo.

A jornada para aprender inglês não se limita a conquistar fluência em um novo idioma; trata-se de uma experiência transformadora que coloca o estudante em novas culturas, desafia perspectivas e expande horizontes. De preferência, em cidades com poucos brasileiros.

https://www.wizard.com.br/viagem/10-cidades-com-poucos-brasileiros-para-aprender-ingles/(abrir em uma nova aba)

Para muitos estudantes, o desejo de estudar inglês vai além dos destinos tradicionais, buscando lugares onde possam vivenciar uma autêntica imersão cultural, longe de uma grande presença brasileira. Afinal, este caminho menos percorrido pode ser a chave para um aprendizado mais rápido e profundo, proporcionando experiências únicas e inesquecíveis. Chegou então a hora de descobrir dez cidades com poucos brasileiros para aprender inglês, que oferecem justamente isso – uma oportunidade de mergulhar no inglês enquanto explora o desconhecido e se encanta com o novo.

1. Cork, Irlanda: a capital cultural do sul

Cork, a segunda maior cidade da Irlanda, combina a acessibilidade de uma cidade pequena com a efervescência cultural de uma grande metrópole. Com festivais de música e cinema ao longo do ano, Cork é um cenário vibrante para aprender inglês enquanto se explora a história e a gastronomia irlandesas.

2. Edinburgh, Escócia: entre castelos e festivais, uma das cidades com poucos brasileiros

A capital escocesa é um fascinante caldeirão cultural, famosa pelo seu Festival Internacional e pelo histórico Castelo de Edinburgh. Além do rico patrimônio histórico, a cidade é um centro de excelência acadêmica, oferecendo uma atmosfera estimulante para o estudo do inglês.

3. Wellington, Nova Zelândia: aventura e cultura

Wellington, a capital da Nova Zelândia, é conhecida por sua cena artística vibrante e pela beleza natural circundante. Com suas praias, colinas e a famosa produção cinematográfica, Wellington é perfeita para quem busca aprender inglês em um ambiente dinâmico e inspirador.

4. Cape Town, África do Sul: beleza natural e história

Esta cidade deslumbrante é o coração cultural da África do Sul. Além de suas paisagens impressionantes, como a Table Mountain, Cape Town é um mosaico de culturas, oferecendo uma rica experiência de aprendizado do inglês em um contexto histórico e social diversificado.

5. Ottawa, Canadá: bilinguismo e qualidade de vida

Ottawa não só é a capital política do Canadá, mas também um exemplo de bilinguismo, com uma forte presença do inglês e do francês. Conhecida por seu alto padrão de vida, a cidade oferece uma variedade de festivais culturais e espaços verdes, ideal para quem deseja estudar inglês em um ambiente tranquilo e multicultural.

6. Cardiff, País de Gales: um tesouro celta

Cardiff, a vibrante capital do País de Gales, oferece uma experiência única de imersão na cultura celta. Com seu impressionante Castelo de Cardiff e o revitalizado Cardiff Bay, a cidade é um ponto de partida ideal para explorar a língua inglesa, a história e a cultura galesa.

7. Valletta, Malta: encanto mediterrâneo

A capital de Malta é uma cidade fortificada com uma rica história, reconhecida como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Valletta é conhecida por seu clima mediterrâneo, vida noturna animada e uma mistura fascinante de influências culturais, tornando-a um local atrativo para aprender inglês.

🤗 Conheça os diferenciais Wizard

8. Hobart, Austrália: entre a natureza e a arte

Hobart, na ilha da Tasmânia, é famosa por sua vibrante cena artística e pela proximidade com paisagens naturais únicas. O Museu de Arte Antiga e Nova (MONA) e o histórico Porto de Hobart são apenas algumas das atrações que tornam a cidade um lugar especial para aprender inglês.

9. Galway, Irlanda: o coração cultural da Irlanda

Galway, conhecida como a “Cidade das Tribos”, é um centro de música tradicional irlandesa, teatro e arte. Com uma atmosfera acolhedora e eventos culturais como o famoso Galway International Arts Festival, a cidade oferece um ambiente estimulante para o aprendizado do inglês.

10. Boulder, Estados Unidos: inovação e natureza

Boulder, Colorado, é conhecida por sua comunidade acadêmica vibrante, inovação tecnológica e estilo de vida ao ar livre. A cidade atrai com sua combinação de inovação, educação e natureza, perfeita para estudantes que buscam uma experiência americana única.

Em conclusão, escolher estudar inglês em uma destas dez cidades não é apenas uma decisão educacional, mas uma aventura que promete transformar. Afinal, cada destino oferece uma combinação única de imersão linguística e experiência cultural, longe dos caminhos mais conhecidos pelos brasileiros. Portanto, ao planejar sua jornada para aprender inglês, considere essas cidades menos exploradas, onde cada dia promete ser uma nova descoberta.

Conheça os diferenciais da Wizard e já viaje com o inglês na ponta da língua!

Tags:

Homem negro, careca, vestindo um blazer escuro, sorrindo e com o logo da Wizard à frente

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

(*)Campos obrigatórios
Blog

Mais artigos do Blog Wizard

Viagem

Intercâmbio: 5 motivos pelos quais ele valoriza o seu currículo

10 de maio de 2024

5 motivos pelos quais o intercâmbio valoriza o seu currículo

 

O que achou da postagem?

2 Comentários

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

*Declaro ter mais de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


(*)Campos obrigatórios

2 Comentários

  1. Judi Slot:
    18 de novembro de 2020 às 18:50

    Pretty great post.

    • Wizzy:
      30 de novembro de 2020 às 14:53

      Thank you SO MUCH!