• Contraste
  • Texto

Por Redação Wizard
03 de setembro de 2019

Com o avanço do tempo e da tecnologia, tornou-se comum falar sobre os Millennials quando o assunto é o mundo corporativo. O termo designa um grupo de jovens que mudou um pouco a lógica corporativa ao ingressarem no mercado de trabalho, tendo um comportamento diferente da geração X (nascidos no período anterior aos Millennials). Para saber mais […]

Com o avanço do tempo e da tecnologia, tornou-se comum falar sobre os Millennials quando o assunto é o mundo corporativo. O termo designa um grupo de jovens que mudou um pouco a lógica corporativa ao ingressarem no mercado de trabalho, tendo um comportamento diferente da geração X (nascidos no período anterior aos Millennials). Para saber mais sobre a geração Y, continue lendo o artigo e entenda mais sobre seu conceito e impactos!

Quem são os Millennials?

Nos últimos anos, um novo perfil surgiu e surpreendeu no dia dia das empresas tradicionais e em todo mercado de trabalho, pois o modo de pensar sobre carreira dos profissionais mudou – surgiram os Millennials. O termo, que deriva da palavra "milenar" em inglês, refere-se às pessoas nascidas entre os anos 80 e início dos anos 90 e que, atualmente, são uma força de trabalho do mercado.

Os Millennials, que também podem ser chamados de geração Y, viveram o fenômeno da popularização da Internet, que logo evoluiu para as criações de dispositivos cada vez mais avançados no que diz respeito à conectividade e mundo globalizado. A geração Y cresceu dentro de um estilo de vida em que novas tecnologias surgiram e se tornaram cada vez mais acessíveis e populares, como computadores e smartphones. Por isso, é a primeiro geração a entender a tecnologia como parte da vida pessoal e, agora, profissional.

Quais os impactos da geração Y no mercado de trabalho?

O surgimento dos Millennials gerou efeitos no mercado de trabalho, inevitavelmente. Por isso, as grandes empresas tiveram que readaptar alguns métodos e lógicas de trabalho de acordo com os impactos, que foram positivos e negativos. Confira alguns abaixo!

Pontos Positivos

  • Proatividade e rapidez: os Millennials estão acostumados com a velocidade e a praticidade das coisas, o que originou uma preocupação desses profissionais com a ação/realização rápida e prática das coisas – eles não se acomodam facilmente;
  • Praticidade e desapego: por conta da tecnologia, a geração Y aprendeu a desapegar dos bens materiais, como carros, casas e até o fogão. Essa mudança na maneira de se relacionar com esses bens se comprova com o sucesso de apps como iFood, Uber e Airbnb.
  • Valorização do bem-estar: antes, um profissional se preocupava muito mais com o status de trabalho. Quanto mais alto o cargo de um funcionário em uma empresa, maior a sua satisfação. Hoje, os Millennials valorizam muito mais uma oferta de emprego que pode não ter um salário tão alto, mas que ofereça lazer, liberdade e qualidade vida. Em meio a esse novo estilo, nasceram também as Startups – clique e saiba mais sobre esse novo modelo de trabalho.

Pontos Negativos

  • Instabilidade: as múltiplas habilidades dos Millennials fazem com que o interesse desses profissionais seja direcionado por áreas diversas. Desse modo, eles costumam transitar por vários cargos e carreiras. Isso reflete negativamente na segurança das empresas em reter um determinado funcionário.
  • Imediatismo: nascer na era em que a tecnologia deu os primeiros passos fez com que os Millennials acompanhassem os avanços e evoluíssem junto com eles. Por isso, a velocidade das coisas acabou surtindo efeito na vida desse grupo de profissionais, tornando-se parte dela. Em decorrência disso, a geração Y é considerada a mais ansiosa de todos os tempos, o que pode prejudicar o desempenho de funções. Enquanto a geração X estava acostumada a um plano de carreira dentro da mesma empresa por toda vida, desde o início até se aposentar, a geração Y tem pressa em crescer, diminuindo o apego à empresa em que está.
  • Conflito de gerações: outro ponto para o qual as empresas precisam olhar com atenção é a possibilidade do surgimento de conflitos entre funcionários de gerações distintas. Portanto é necessária uma adaptação de gestão para lidar com os novos e antigos talentos.

Vem aí: Geração Z

Os Millennials são um grupo de jovens adultos inovadores, já que nasceram na mesma época em que a Internet ganhou força. Porém, além deles, vem aí a próxima geração, totalmente hiperconectada que promete muitas mudanças para o mundo: a geração Z.

Podendo ser chamada, também, de GenZ, essa geração é composta por jovens nascidos entre meados da década de 1990 e o final da década dos anos 2000. O grupo tem uma nova maneira de agir, pensar e consumir conteúdo e cultura – o que designa um desafio para os profissionais de marketing e comunicação, já que esses jovens produzem o conteúdo que consomem e são menos conectados às marcas, quando comparados com as gerações anteriores.

Uma prova de que esse grupo nasceu hiperconectado é a de que estar online virou um modo de vida. Para esses jovens, a Internet é usada para os mais diversos fins, substituindo ferramentas reais. Abaixo, confira alguns exemplos de comportamento da GenZ em relação à plataforma YouTube. Eles a usam para:

  • Aliviar o estresse;
  • Aprender coisas novas e tirar dúvidas;
  • Aprofundar conexões (os conteúdos fazem com que eles sintam que compartilham algo ou o mesmo sentimento que outras pessoas).

Além disso, os nascidos nesse período têm crescido numa época em que discussões sobre o meio ambiente e questões climáticas são cada vez mais comuns, podendo trazer insegurança e preocupação em relação ao futuro.

Conclusão

O termo Millennials tem origem na língua inglesa, mas não é só desse modo que a cultura americana está ligada a esse grupo de profissionais jovens adultos. Nos Estados Unidos, por exemplo, 45% dos profissionais da área estatística é composto, apenas, por Millennials. Já para os brasileiros integrantes desse grupo, possuir uma segunda língua no currículo é mais do que um diferencial, mas um requisito para ampliar ainda mais as oportunidades no mercado de trabalho. Veja os cursos de idiomas disponíveis no site da Wizard e visite a escola mais próxima para saber mais.

Na sua opinião, qual será o comportamento da geração Z no mercado de trabalho? Parecido com a geração Y ou perfil mais empreendedor através da Internet, startups? Deixe seu comentário!

Confira + dicas de carreira da Wizard:

Este artigo foi útil para você?

Tags:

O que achou da postagem?

0 Comentários

0 Comentários

Leia todos os nossos artigos

criança menina de vestido azul com um tablet na mão

Wizkids

7 expressões idiomáticas divertidas para ensinar inglês às crianças

24 de janeiro de 2020

Quer ensinar inglês às crianças de uma forma diferente? Confira 7 expressões idiomáticas divertidas para que elas aprendam o idioma brincando! 🙂

Franquias

Vantagens e desvantagens de empreender com franquias

23 de janeiro de 2020

imagem do mapa mundi e várias imagens de pessoas

Carreira

Networking: você sabe o que significa esse termo que vem do inglês?

22 de janeiro de 2020

Este site utiliza cookies. Os cookies nos permitem entender como os visitantes navegam no nosso site, para que possamos melhorá-lo e oferecer a melhor experiência possível. Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies.

Planos para 2020?

Chega de adiar seu inglês!

VOCÊ GANHOU 4 aulas de inglês GRÁTIS para conhecer a metodologia Wizard: