• Contraste
  • Texto
Médica, uma mulher branca de cabelo castanhos, escrevendo uma receita para a paciente

Por Redação Wizard
30 de setembro de 2020

O inglês é importante para ter sucesso no mercado de trabalho. Os médicos também são profissionais que presenciam o idioma diariamente. Saiba mais abaixo! Curso de inglês do iniciante ao avançado, só podia ser Wizard!

Você sabe que ter conhecimento em inglês é importante para seguir uma carreira de sucesso em muitas profissões atualmente e para o futuro, certo? Se você pensa em ser um médico ou uma médica, saiba que para essa área não é diferente! 

Para seguir essa profissão, é bom saber que existem oportunidades em que ter um bom nível de inglês é um diferencial. Ler, falar, escutar e escrever são habilidades do idioma que te ajudarão ao longo da carreira médica e durante os estudos que vão te ajudar a ser um grande profissional!

Conquistar sucesso como um profissional na área, durante a sua formação você deve aprofundar o conhecimento consultando artigos escritos por médicos de outros países, participar de congressos e workshops ministrados em inglês e até mesmo pode viver uma experiência internacional na área!

Quer saber mais sobre qual a importância e por que aprender inglês na carreira médica? Confira o artigo abaixo!

Banner Wizard ON

Fazer a leitura de artigos científicos

A carreira médica exige muito estudo, mesmo após a formação na faculdade, pois essa área está em constante atualização para melhorar o atendimento às pessoas do mundo todo e diversas áreas, inclusive novas que surgem conforme as necessidades. 

As informações para ficar atualizado podem ser adquiridas em livros, revistas científicas internacionais (chamadas papers) ou artigos escritos por médicos de diversos países, sendo que a maioria é em inglês, por ser a língua mais falada no mundo.

Cursar especializações na área

Após o término da graduação, os médicos podem buscar mestrados e doutorados para cursar. Nesse caso, a língua inglesa é fundamental para os seguir os estudos, para fazer a residência médica e para a especialização dos alunos após a formação. 

Você sabia que os residentes devem ter certificado de proficiência em inglês? Isso mesmo! Pode ser o TOEFL ou TOEIC, pois é um pré-requisito para aprovação.

Participar de congressos e pesquisas 

Os profissionais que seguem a carreira médica devem ficar ligados nas pesquisas que são feitas nessa área. Dessa forma, eles estarão sempre atualizados em relação aos tratamentos e inovações internacionais da medicina, que surgem para atender melhor a população.

Os médicos também podem participar de congressos em outros países ou de palestras ministradas em inglês, por profissionais renomados internacionalmente. Você não vai querer correr o risco de não aproveitar para adquirir o máximo de conhecimento que está sendo passado, não é mesmo?

Fazer um internship, observership ou fellowship

Essas são três oportunidades de ter uma experiência no exterior, normalmente em países onde o inglês é o idioma oficial, como Canadá, Reino Unido e Estados Unidos. Isso pode ser feito durante a graduação do curso de medicina, em que os estudantes podem fazer “hands-on” (os atendimentos) ou um estágio observacional. 

Com essa vivência, é possível adquirir experiência com diferentes formas de trabalho e novos recursos que ainda não existem no Brasil. É um ótimo momento para adquirir conhecimento e treinar o raciocínio clínico!

Já a fellowship é uma especialização em outro país, que geralmente acontece após a residência médica. Nessa experiência, você pode ter um aprimoramento de alto nível de qualidade na parte técnica e científica em uma subespecialidade. Além disso, você tem a oportunidade de fazer networking com profissionais de outros países para evoluir na carreira.

Experiências em países que não têm o inglês como língua nativa

Você sabe que o inglês é um dos idiomas mais falados no mundo, certo? Mas, mesmo que um país não tenha o inglês como língua oficial, como França, Itália e países da África, a língua inglesa abre portas para novas experiências. 

Muitos dos processos para participar de programas como Médicos sem Fronteira e Cruz Vermelha exigem um bom nível de conhecimento de inglês, já que você vai precisar se comunicar com outros profissionais e pacientes do mundo todo.

Conclusão

Os médicos são profissionais de extrema importância para manter e acompanhar a saúde de toda a sociedade ao redor do mundo. Junto à ciência, essa área está cada vez mais inovadora, fazendo descobertas e facilitando os atendimentos. Cada vez mais, devemos valorizar os médicos que estão próximos de nós e de cada um que amamos! 

Curtiu esse conteúdo sobre o papel do inglês na carreira médica? Não esqueça de deixar sua opinião nos comentários! 

Se você quer deslanchar na carreira e começar um curso de idioma, a Wizard é a escolha certa! Cadastre-se no site e ganhe 20% de desconto na matrícula do curso. 

Confira + dicas de carreira da Wizard:

Um smartphone sobre um notebook com a chamada #DesafioWizard e selo de Certificado

Cadastre-se e ganhe 2 AULAS GRÁTIS de inglês ou outro idioma!

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Carreira

6 dicas para se preparar para uma entrevista de emprego em inglês

28 de outubro de 2020

O mercado de trabalho exige que os profissionais saibam se comunicar em inglês. Para alcançar a sua vaga, confira estas dicas para se preparar para uma entrevista no idioma.

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

(*)Campos obrigatórios


0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/