• Contraste
  • Texto
Arte Tft Legends by Wizard

Por Redação Wizard
11 de setembro de 2020

O concurso cultural premiou as frases mais criativas de dois jogadores de Teamfight Tactics.
Quer saber quais foram os prêmios e conhecer os vencedores? Confira a seguir!

Em parceria com a BBL, uma das maiores holdings de entretenimentos eletrônicos da América Latina, a Wizard by Pearson premiou dois gamers com uma experiência exclusiva no mês de agosto.

Os ganhadores responderam de forma criativa à pergunta “Por que eu devo ser escolhido para me tornar uma lenda do TFT?”. Foram mais de 200 participações no Twitter com a hashtag #TFTLegendsByWizard e no site oficial do concurso. 

O  prêmio foi uma experiência que só a Wizard poderia proporcionar. Uma mentoria de TFT com dois dos melhores influenciadores do jogo: Leko, streamer e ex-jogador profissional de LoL, e Judite, streamer  da equipe norte-americana Cloud 9 e ex-pro player TFT; um kit gamer completo de periféricos da Razer (headset, mouse, mousepad e teclado) e uma vivência exclusiva com os influenciadores no Dia do Gamer, comemorado no dia 29 de agosto!

Os ganhadores do TFT Legends, Isabela Bianca Coutinho Cordeiro e Léo Braida Nazareth, ambos de Minas Gerais, participaram de uma transmissão feita na Twitch do Baiano – um dos maiores nomes do League of Legends (LoL) e comentarista do jogo – e também nos canais da BBL. 

Especialistas de TFT analisaram as dificuldades de cada vencedor e os conectaram com os influenciadores para receberem dicas específicas do game. A Isa teve a mentoria do Leko, e o Léo teve o treinamento com o Judite. Na live, eles contaram como foi a mentoria ao longo dos dez dias e aplicaram os ensinamentos durante duas partidas. 

Quer saber como foi essa mentoria e conhecer melhor os vencedores do TFT Legends by Wizard? Então confira a entrevista com a Isa e com o Léo abaixo!

Isabela Bianca Coutinho Cordeiro

Frase vencedora: “Eu mereço ser escolhida, pois ainda existe muito preconceito neste meio gamer quanto a mulheres serem tão capazes quanto os homens e quero contribuir para acabar com isso. Sempre gostei muito de TFT e venho acompanhando cada dia mais os campeonatos, sinto muita falta da imagem feminina competindo e gostaria de poder ser uma referência para motivar outras meninas a tentarem também!”

A Isa tem 19 anos e contou que a inspiração para fazer a sua frase foi a falta de “referências de mulheres nos jogos em geral, e em TFT menos que os outros. Acho que isso vem da cultura de que mulher não pode jogar e eu não concordo com isso. Eu queria que, cada vez mais, a representatividade feminina estivesse presente no ambiente dos jogos.” 

Ela começou a jogar no começo deste ano e, um dia, tentou o TFT pelo celular. No início, não entendeu a dinâmica do game, mas conseguiu ganhar a primeira partida. A partir disso, quis saber mais sobre como funcionava.

“Um certo dia eu caí em um jogo com o Leko, vi os jogadores falando que eram fãs dele. Comecei a ver as lives e aprender composições. Isso me deu um apego ao jogo”, disse a gamer

Antes da mentoria, a Isa estava no Prata IV do jogo, e durante a semana até a live, praticando  e aplicando o que ela aprendeu, ela subiu para o Ouro III. Uma das principais dificuldades dela foi saber o momento ideal para subir de nível ou roletar no começo do jogo.  

“Eles me ensinaram os erros que eu mais cometia, em qual momento eu vou upar, quando vou roletar e principalmente as transições entre composições, pois era o momento que eu perdia muita vida e quando estava com a composição completa, tinha pouca vida e acabava perdendo”, conta Isa sobre como conseguiu upar de elo com as dicas dos especialistas. 

Até o fim do set 3.5, Isabela quer tentar pegar Platina e, com a noção de jogo que adquiriu, vai começar o set 4 melhor do que começou o set 3.  A jogadora também compartilhou a sua opinião sobre um bom periférico, que, segundo ela, ajuda principalmente pelo tempo de reação. “O jogo fica mais rápido e todo tempo extra no jogo faz diferença para posicionar, roletar e upar de nível.”, disse. 

Para as gamers de TFT e de todo o universo dos esports, Isa manda um recado: “O meu recado é que nunca desistam, pois somos muito capazes e precisamos cada vez mais acabar com essa cultura machista ao redor dos jogos.”

Isabela Bianca Coutinho Cordeiro

Léo Braida Nazareth

Frase vencedora: “Trazer a próxima vitória do mundial para o Brasil, visto que já carrego o título de melhor jogador de TFT do meu bairro (invejosos dirão que sou o único que joga no bairro). Também tenho o sonho de chegar no nível de xadrez dos velhinhos na praça, então TFT é o caminho para esse sonho.”

O gamer de TFT de 16 anos Léo Braida começou a jogar quando um amigo ficou sem computador e usou o dele por um tempo. Assim, o interesse foi despertado! Desse dia em diante, o gamer começou a assistir a vídeos para aprender e conhecer mais sobre o TFT. 

Atualmente, ele está focado em aprender o novo set que está vindo, para alcançar a meta de ser grão-mestre até o fim deste ano. Ele contou que curte um bom teclado para ter um bom desempenho na partida. Para o jogador, o acessório é “muito confortável, dá para sentir uma grande diferença na hora de scouting, roletar e das hotkeys em geral”.  

O gamer explica que o TFT é muito baseado em estratégia prévia, posicionamento e saber o que cada peça executará durante o round, o que é um ótimo exemplo da relação.

“Outra característica é ter que saber como lidar quando o oponente faz uma certa jogada, como pôr um item, trocar um personagem ou posicionamento”, disse. 

Ele conta que atualmente seu elo no TFT é Diamante IV e, durante a mentoria, ele pôde observar os próprios erros e melhorar as dificuldades durante uma partida. Léo recebeu dicas de como ter um melhor proveito das galáxias, dos itens que dropavam e dos campeões que estavam vindo nas primeiras lojas.

“Eles falavam o que fariam para cada situação e o motivo dessa ação, o que ajudou bastante para meu conhecimento do game. Também teve uma parte sobre quando upar em geral, o que fez uma grande diferença”, disse o jogador. 

Para chegar a grão-mestre, o jogador vai seguir as dicas dos especialistas e do seu mentor, Judite. Ele explica que, agora, o que seria um 4° lugar, virou um 2° ou 1°, e o que seria um 8° ou 7° lugar, virou 5º ou 4°.

“Agora também sei quais composições me ajudam mais em determinado cenário e como me posicionar em uma situação específica, como economia, XP ou roletar”, conta. 

“Depois das dicas, jogo e analiso as partidas com um olhar diferente, um olhar aprimorado, principalmente no early game, que agora entendo mais dessa parte que era onde tinha mais dúvida”, diz o jogador sobre como será a sua prática daqui para frente. 

Léo Braida Nazareth

Conclusão

O concurso TFT Legends by Wizard foi resultado do  TFT Challenge powered by Wizard, o 1º campeonato brasileiro do jogo transmitido no Brasil, que teve como campeões do torneio os jogadores Zadust e Azura.

Curtiu conhecer um pouco mais sobre os ganhadores do TFT Legends by Wizard? Se você gosta do universo de esports, confira outros conteúdos no blog da Wizard.

Se você quer começar um novo curso de idioma para acompanhar ainda mais de perto o mundo e as novidades dos games, a Wizard é a escolha certa! Cadastre-se no site e ganhe 2 aulas grátis online para conhecer a metodologia Wizard e ter certeza que fez a escolha certa.

Confira + dicas de games da Wizard:

Um smartphone sobre um notebook com a chamada #DesafioWizard e selo de Certificado

Cadastre-se e ganhe 2 AULAS GRÁTIS de inglês ou outro idioma!

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, concordo em receber e-mails com conteúdos. Ver política de privacidade.

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Cultura

Veja como foi a experiência dos ganhadores do TFT Legends by Wizard

11 de setembro de 2020

O concurso cultural premiou as frases mais criativas de dois jogadores de Teamfight Tactics.
Quer saber quais foram os prêmios e conhecer os vencedores? Confira a seguir!

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

(*)Campos obrigatórios


0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/