• Contraste
  • Texto
Cinco pessoas de gêneros e idades variadas, todas vestindo roupas executivas, sorriem

Por Redação Wizard
25 de maio de 2022

Será que é preciso ter experiência para franquia de idiomas? Tire todas as suas principais dúvidas sobre o tema!

A franquia de idiomas é uma das oportunidades mais promissoras no mercado de educação. Ano a ano, este é um tipo de negócio que permanece no rol de empreendimentos com baixo risco e retorno potencial atrativo. Apesar disso, quem está analisando onde investir comumente tem dúvidas, tais como se é necessário ter experiência para franquia de idiomas para ingressar nesse segmento. 

Então, se você também tem interesse em saber mais sobre o tema, continue a leitura. A seguir, você descobrirá mais sobre critérios e se é preciso ter experiência para tornar-se franqueado de uma escola de idiomas. Acompanhe. 

Afinal, é preciso ter experiência com pedagogia para conduzir franquias de idiomas? 

Muita gente acredita que sim, mas saiba que isso é mito. A experiência na área pedagógica não é um requisito. 

Afinal, quando você investe em franquias de idiomas, o seu principal papel será o de gestor e condutor da sua unidade para o sucesso. 

Portanto, habilidades em práticas e metodologias pedagógicas não precisam, necessariamente, constar no seu currículo. Lembre-se de que você terá uma equipe qualificada de docentes para realizar esse trabalho. 

Sendo assim, esse é um tipo de conhecimento e tarefa que poderão ser delegados ao seu time. E, para montá-lo, você receberá treinamento para recrutamento proporcionado pela franqueadora. 

Além disso, tenha em mente que, neste modelo, você não vai precisar criar ou estruturar metodologias, materiais e planos pedagógicos — essa é uma das contrapartidas que serão disponibilizadas pela franqueadora, que já criou e aperfeiçoou uma estrutura pedagógica que se tornou bem-sucedida no mercado. 

É preciso ter experiência no setor de educação? 

Da mesma forma, como você já pode imaginar, isso não é necessário. Ao fechar contrato com o franqueado, você receberá a transmissão do know-how, assim como treinamentos e capacitações. 

Também terá acesso a pesquisas e outros materiais para que compreenda mais sobre os detalhes do mercado de educação. 

Desse modo, como no sistema de franquia, você não precisará iniciar a estratégia do zero; a experiência prévia com educação não é obrigatória. 

Então, é preciso ter alguma experiência para franquia de idiomas? 

Ao ingressar neste ramo, você passará a administrar uma unidade de negócio. Portanto, ter experiência para franquia na área de gestão pode ajudar e tornar a implementação e a manutenção da rotina da escola mais ágeis e eficientes. 

No entanto, esse também não é um pré-requisito. Tudo o que você precisa saber para tornar-se um franqueado pode ser aprendido. 

Claro, entender como o modelo funciona é fundamental para maximizar um resultado seguro e previsível. 

Em analogia, pense, por exemplo, em quem quer se tornar um piloto. Essa pessoa buscará saber o essencial de teoria do voo, caso contrário, não estaria apta para tomar as melhores decisões e estar à frente dessa iniciativa. 

Nesse caso, para conseguir voar e dominar a pilotagem, o interessado deveria se engajar no estudo das teorias e técnicas que sustentam um resultado previsível e levam a um pouso seguro. 

O franchising é essencialmente o mesmo — é preciso compreender o seu modelo para que o franqueado alcance uma “aterrissagem segura” e bem-sucedida. 

Por isso, mais do que experiência para franquia, geralmente se fala em perfil do franqueado. Esse resulta em um conjunto de habilidades que o franqueador pode buscar e valorizar nos candidatos. E, naturalmente, essas variam de marca para marca. 

No entanto, a abertura para aprender sobre o setor e este tipo de modelo de negócio é algo essencial para que essa parceria tenha êxito e gere os melhores resultados para ambas as partes. 

O que geralmente faz parte do perfil desejado de franqueado? 

Como vimos, a experiência para franquia, no que se refere à atuação prévia na área de educação, não é necessária. 

Ainda, experiência e domínio pleno de outros idiomas também é algo flexível e que pode ser adquirido ao se tornar franqueado de uma escola de idiomas. 

Até mesmo a experiência com gestão não é obrigatória, uma vez que você não precisará criar nada do zero, e receberá sistemas, métodos e modelos de gestão prontos da franqueadora. 

Então, o que faz parte do perfil de um franqueado? 

O franchising é um modelo que permite investir em um negócio para você mesmo, mas que tem o benefício adicional de não deixá-lo sozinho neste desafio — diferentemente do que ocorre, por exemplo, quando se opta em começar um negócio do zero. 

Portanto, entre os pilares do perfil de um franqueado de sucesso, estão o gosto pelo aprendizado, a capacidade de atuar conjuntamente e a vontade de empreender e conduzir um negócio. 

Outros aspectos comumente valorizados na análise de perfil de candidatos a franqueados para escolas de idiomas são: 

  • Capacidade de delegação; 
  • Comprometimento; 
  • Comunicação; 
  • Dinamismo; 
  • Disciplina e motivação para cumprir o disposto em contrato; 
  • Foco na satisfação do cliente; 
  • Liderança; 
  • Organização; 
  • Orientação a resultados; 
  • Proatividade; 
  • Responsabilidade; 
  • Entre outras. 

Isso não quer dizer que, necessariamente, você deve ter domínio pleno dessas habilidades e competências. Elas também poderão ser aprimoradas se você tiver engajamento e buscar aperfeiçoamento constante para fazer a sua franquia de idiomas crescer e se fortalecer no mercado. 

Então, é possível empreender nesse setor sem ter experiência para franquia de idiomas? 

Como visto, isso é possível — e é algo bastante comum. Lembre-se de que o franqueado recebe amplo suporte, treinamento, acompanhamento, manuais operacionais e outros instrumentos e capacitações para que esteja pronto para gerenciar a sua unidade de franquia de idiomas. 

Por tudo isso, a experiência para franquia de idiomas pode ser adquirida com a prática na rotina do novo negócio e ampliada com as oportunidades que serão oferecidas pela marca franqueadora. 

Ademais, quanto aos aspectos pedagógicos e linguísticos, a experiência também não é pré-requisito. Este trabalho deverá ser conduzido pela equipe pedagógica. 

Portanto, o que o investidor e franqueado precisa é desenvolver conhecimentos e habilidades para recrutar e selecionar a melhor equipe e para manter esses talentos retidos, engajados e motivados. 

Agora que já sabe mais sobre os principais pontos envolvendo a experiência para franquia de idiomas, se você ficou interessado neste tipo de oportunidade, conheça também quais são e como funcionam os diferentes tipos de franquias

Homem negro, careca, vestindo um blazer escuro, sorrindo e com o logo da Wizard à frente

Preencha para receber mais detalhes sobre franquias Wizard



    Ver política de privacidade.

    (*)Campos obrigatórios

    Mais artigos do Blog Wizard

    Franquias

    ABF cria banco de dados imobiliário para auxiliar franqueados

    29 de junho de 2022

    Para ajudar franqueados a conseguir um índice de reajuste mais equilibrado em contratos de locação, a ABF cria banco de dados imobiliário.

     

    O que achou da postagem?

    0 Comentários

    Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

    *Declaro ter mais de 12 anos.

    Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


    (*)Campos obrigatórios

    0 Comentários

    Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/