• Contraste
  • Texto
homem preto com camisa azul clara de barba

Por Redação Wizard
17 de junho de 2022

Diferencie as chunks of language com estrutura fixa e semifixa para aprender inglês de maneira orgânica e falar com fluência.

Chunks of language são combinações de duas ou mais palavras que acabam sendo usadas como se fossem uma só. Essa associação de palavras funciona como unidade ou operadora da língua, independentemente de ser escrita ou falada. 

Ao pé da letra, o termo chunks of language significa “pedaços da língua”. Quando esses pedaços se juntam, formam algo maior com significado autônomo. 

É interessante destacar que alguns destes termos não são apropriados para a linguagem formal escrita. Eles são identificados com mais frequência na língua falada. 

Ressaltamos ainda que essa diferença de uso não diminui a relevância das chunks of language no aprendizado do inglês, pois os falantes nativos usam essas expressões constantemente, pois elas fazem parte do idioma. 

Vamos juntos ver alguns exemplos de chunks of language? Continue a leitura e conheça as estruturas dessas combinações. 

Por que é importante aprender as chunks of language? 

Coloque-se no lugar de um estrangeiro que deseja aprender o nosso idioma, o português. Quando refletimos sobre a diferença da língua formal e da informal, notamos que no dia a dia usamos ambas. 

A fluência, portanto, vem dessa capacidade de se comunicar de formas diferentes, independentemente de o idioma ser escrito ou falado, formal ou informal. 

As chunks of language podem ser encaradas da mesma forma, pois elas contribuem para o desenvolvimento da fluência em inglês. Além de aprender as regras gramaticais e o significado das palavras, você também adquire conhecimento por meio das chunks of language que são compreendidas. 

Por meio das chunks of language é possível falar inglês naturalmente, sem a necessidade de decorar regras gramaticais ou tentar encaixar palavras soltas dentro dessas normas. 

Veja o porquê de ser importante aprender as chunks of language

Desenvolvimento da escuta, da fala e da pronúncia 

Sabe aquele termo que expressa bem uma ideia, mas que nem sempre é representado por apenas uma palavra? No inglês, ele é uma chunks of language

Ao aprender as chunks of language, você estimula sua memória a encontrar mais rapidamente o que pretende dizer. Isso contribui para a melhora significativa do seu speaking

Quando a fala é melhorada, o listening se desenvolve. Fica mais fácil assistir a um filme, seriado ou reality show e compreender o que está sendo dito. No lugar de tentar entender o significado das palavras soltas, a associação delas facilita a compreensão. 

O treino com as chunks of language faz com que sua audição vá se acostumando com as associações, facilitando significativamente o entendimento. 

Ao aprender o conjunto de palavras, a pronúncia também se torna mais fluída. No lugar de pronunciá-las individualmente, você pode treinar a fala delas em associação. É mais natural fazer isso do que falar uma palavra aqui e outra acolá. 

Aquisição de uma gramática natural 

Um estudo realizado por Naoko Taguchi, da Northern Arizona University, identificou que chunks of language estão sendo importantes para o aprendizado do inglês nas escolas do Japão. 

A fórmula do sucesso envolve a diferenciação entre a gramática normativa, presente nos livros e atividades, e a gramática de uso, ou seja, a maneira como as pessoas usam o idioma no dia a dia. 

A utilização das chunks of language permite o aprendizado da gramática, mas sem a necessidade de fazer análises ou dar nomes às regras. Elas se tornam orgânicas. Você simplesmente aprende a usar o idioma. 

Quais são as estruturas das chunks of language? 

Para aprendermos as chunks of language, é importante conhecer suas estruturas, que podem ser fixas ou semifixas. Dá uma olhada: 

As estruturas fixas das chunks of language  

Nas chunks of language, as estruturas fixas são usadas dentro de um ou mais contextos. 

Go figure! / Vai entender! 

How are you doing? / Como você está? 

I don’t think so. / Eu acho que não. 

I’m sorry! / Sinto muito! 

Just a moment! / Só um momento! 

What do you mean? / Como assim? 

You’re welcome! / De nada! 

As chunks of language acima têm estruturas fixas. Note que algumas são usadas em contextos específicos, enquanto outras podem ser aplicadas em mais de um. 

As estruturas semifixas das chunks of language  

Quando falamos sobre chunks of language com estruturas semifixas, estamos nos referindo àquelas cujas estruturas são flexíveis, portanto, podem mudar de acordo com a intenção do que será dito. 

Um exemplo bem fácil de chunks of language com estrutura semifixa é “What’s … name?“. Os três pontinhos podem ser substituídos por outras palavras que formulam o que desejamos perguntar. Dá uma olhada: 

What’s her name? / Qual o nome dela? 

What’s her sister’s name? / Qual o nome da irmã dela? 

What’s his name? / Qual o nome dele? 

What’s his uncle’s name? / Qual o nome do tio dele? 

What’s your name? / Qual o seu nome? 

Como havíamos dito, o exemplo acima é bem fácil. À medida que avançamos no aprendizado das chunks of language, elas tendem a ficar mais complexas. 

É o caso de “If I were you, I’d…” / Se eu fosse você, eu… 

A estrutura gramatical acima é considerada de nível intermediário. Para compreendê-la, você deve ter um pouco mais de vocabulário léxico para completar a ideia. 

If I were you, I’d find a way to help Mary. / Se eu fosse você, procuraria um jeito de ajudar a Maria. 

If I were you, I’d never talk that. / Se eu fosse você, eu jamais falaria isso. 

If I were you, I’d study for the exam. / Se eu fosse você, eu estudaria para a prova. 

If I were you, I’d talk to them. / Se eu fosse você, eu iria falar com eles. 

É bem verdade que as chunks of language fazem parte de um universo muito maior, portanto, é importante estudá-las para ir além das sentenças fixas e semifixas. Existem ainda collocations, idioms, phrasal verbs, polywords e outros tipos que fazem total diferença no modo como aprendemos inglês. 

Quer saber qual o seu nível de inglês? Faça aqui o nosso teste e descubra! 

Homem negro, careca, vestindo um blazer escuro, sorrindo e com o logo da Wizard à frente

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

(*)Campos obrigatórios

Mais artigos do Blog Wizard

Idiomas

Como e por que aprender inglês sem traduzir?

29 de julho de 2022

Veja aqui alguns exercícios para aprender inglês sem traduzir e conheça os benefícios dessa prática.

 

O que achou da postagem?

0 Comentários

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

*Declaro ter mais de 12 anos.

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp da Wizard e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade.


(*)Campos obrigatórios

0 Comentários

Ao acessar nosso site, você concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais em: https://www.wizard.com.br/politica-de-privacidade/